Habitâmega Construções, SA
Habitâmega Construções, SA

Gestor TI

2009 - 2011


» Currículo » Empregos

Principais Actividades e Responsabilidades:

Implementação do ERP, e Business Intelligence

A solução ERP utilizada na Habitâmega, era muito mais configurável que muitas outras soluções no mercado. Não só foi possível desenvolver painéis de raiz (formulários de utilizadores, dashboards, etc), e quase relatórios de controlo total, mas também podia executar várias tarefas sobre a Base de Dados, não directamente, mas através do próprio ERP, incorporando essas alterações no sistema. Estas mudanças não eram vistas como estranhas ao sistema. Eu pude criar novas tabelas, alterar as já existentes, criar índices e triggers (gatilhos/eventos). Devido ao facto de não termos qualquer apoio ao sistema/infra-estrutura proveniente de terceiros, toda a implementação foi feita em casa

Embora o Editor de Desenvolvimento fosse muito precário (sem tratamento de sintaxe, sem intellisense, sem sistema de depuração, ...), e mesmo não tendo controlo a 100% sobre os formulários/dashboards, permitiu-me desenvolver alguns formulários complexos. A aplicação também tinha um bom Dicionário de Dados.

Sendo a Habitâmega uma empresa de Construção Civil, e tendo projectos de vários milhões de euros, ela dava um forte ênfase ao Controlo de Custos, controlo sobre Processos/Fluxo de trabalho e responsabilização/contextualização de cada Utilizador. Além da manutenção ao ERP e seus upgrades, configuração de Controlos de Acesso e manutenção dos formulários e Bases da Dados existente, a minha função principal era criar um ambiente paperless (sem papel), e ser capaz de se tornar no nosso Sistema de Suporte à Decisão (DSS), entregando KPIs na forma de Relatórios, e melhoria do Business Intelligence da empresa. Responsabilização e contextualização dos Utilizadores também foi um factor muito importante, para identificar problemas de desempenho departamentais, e melhorar os circuitos de Fluxos de Trabalho.

Administração da Infraestrutura TI

A nossa Infraestrutura era apenas composta por dois Servidores, e cerca de 30 máquinas.

Quando eu cheguei à Habitâmega, fui confrontado com um ambiente informático onde todos eram Administradores da sua própria máquina. Mais da metade da equipa, instalava o seu mesmo Sistema Operativo (SO), e geria a maior parte do software que entrava no computador, apenas precisando das chaves fornecidas de quem já administrava as licenças de software. Isso realmente não me chocou, uma vez que a empresa não era enorme, e há parecia haver um ambiente forte de confiança entre os empregados. Este método aumentaria assim a responsabilidade dos Utilizadores, as habilidades necessárias para o desempenho destas tarefas e grande partilha manual de informação, que era muito demorado, mas não é uma forma impossível de se trabalhar.

No entanto, os problemas geralmente começam, quando a informação em cada máquina individual começa a tornar-se demasiado valiosa. Backups, metodologias/rotinas de armazenamento de informação, incoerência entre versões de ferramentas de produtividade, integração no ERP de plug-ins dessas mesmas ferramentas de produtividade, controlo de versões de dados, sincronização baseada na nuvem, gestão de licenças, e proteção contra malware, só para citar alguns, eram factores que fiziam uma possível limpeza da máquina e formatação de disco rígido menos viável ... Não só, isso diminuia o controlo sobre as TI na empresa, mas sempre que alguém tinha um problema com sua máquina, tanto o Utilizador como o meu predecessor tinha que parar a sua produção para trazer a máquina de volta ao normal.

Implementei uma filosofia diferente, que tenho em TI. "O Utilizador não pode ser culpado, do que não conseguir fazer.". Para isso, ele tem que ser muito mais condicionado e controlado. Todas as máquinas tornaram-se membros do domínio da empresa, e desenvolvemos um padrão uniforme para armazenamento de ficheiros, com vários scripts de login para personalizar cada aspecto da máquina onde o GPO não era suficiente.

Depois de cuidar de toda a rede informática, as ocurrências referentes ao suporte TI cairam para menos de 20% do valor anterior, e a quantidade de tempo gasto por ocurrência era uma fracção do que era antes... Isso permitiu-me dedicar mais do meu tempo à Implementação e Desenvolvimento do ERP.

SmarterQueue - A forma mais inteligente de criar em redes sociais

SmarterQueue - A forma mais inteligente de criar em redes sociais

LRTT - Limited Resource Teacher Training

LRTT - Limited Resource Teacher Training

shareOptic - Solução de monitorização de cyber segurança

shareOptic - Solução de monitorização de cyber segurança

Blockz RAD framework web em Php

Blockz RAD framework web em Php